Líder x Chefe: apostar na liderança traz bons resultados

Líder x Chefe: apostar na liderança traz bons resultados

Líder x Chefe: apostar na liderança traz bons resultados

Entenda as diferenças entre ser líder e chefe

Dentro de uma empresa existe o líder e o chefe, cada um com suas características específicas e funções determinadas. Você sabe diferenciar os dois e qual deles consegue obter melhores resultados dentro de uma organização?

Quem nunca ouviu expressões como: "Eu mando e vocês obedecem” ou, “Vocês erraram! A culpa é de vocês”. Tais declarações, corretas ou não, são muito comuns em um ambiente de trabalho e, quem as ouve sabe que estão ligadas à figura de um chefe, jamais de um líder.  Este tem tendência a ser bastante autoritário, comandando ou distribuindo ordens, sem enxergar os indivíduos com suas particularidades e sempre com foco apenas nos lucros e resultados.

O chefe vê seus empregados como subordinados que devem seguir suas ordens da maneira que ele acha mais eficaz, sem questionar. Ele não incentiva ou motiva e nunca pensa no bem estar coletivo. Esta figura acredita que realizar um trabalho excelente é dever do funcionário e, quando isso não é visto, ele faz questão de apontar os erros. O chefe joga a responsabilidade em cima de sua equipe quando algo não dá certo e se vangloria quando um objetivo é alcançado. É onde o conhecido bordão entra: “Eu venci. Vocês perderam”.

Líder X Chefe: apostar na liderança traz bons resultados. BG Comunicação e Marketing

É evidente que não temos apenas a figura do chefe no ambiente de trabalho. Atualmente, as empresas dão cada vez mais importância e valor ao profissional com capacidade de liderança. O líder, ao invés de “ordenar com mãos de ferro”, sabe gerenciar os profissionais que o cercam, acompanha os projetos, aponta os melhores caminhos e soluções e ainda busca despertar e motivar o que há de melhor nos outros profissionais.

Contudo, ser um líder não é tão fácil quanto parece. Em primeiro lugar, a liderança é algo que deve ser conquistado a partir de uma conduta proativa, ética, criativa, generosa e até mesmo sábia. Geralmente, a pessoa que não tem muita afinidade com essas qualidades quando colocada na figura de líder, provavelmente cometerá erros, tanto com relação ao projeto quanto com relação às pessoas envolvidas, e, por muitas vezes, não suporta a responsabilidade de tal cargo ou posição.

Outra característica é a que o líder não visa apenas os resultados, ele tem a preocupação de como objetivo será alcançado, respeitando, é claro, o esforço empregado por cada membro da equipe, conseguindo dessa forma o respeito de todos.

Líder X Chefe: apostar na liderança traz bons resultados. BG Comunicação e Marketing

Além disso, existem mais cinco características que um bom líder deve ter: força de vontade, visão, persuasão, empatia e criatividade. Essas competências aliadas a um profissional ético e zeloso para com a sua equipe são determinantes para o indivíduo ser apontado como a liderança de uma equipe.

Em alguns casos, o líder nem é a figura nomeada para um cargo de chefia. É o "famoso" líder natural. Muitas vezes, um membro da equipe acaba por se destacar na posição de liderança de forma espontânea. Isso porque os companheiros de trabalho acabam por enxergar essas características e confiam nesse indivíduo para orientar o trabalho a ser realizado.

Por conta disso, um líder, mais do que um título ou nomeação, precisa ter coragem de fazer diferente, apontar novos caminhos e motivar aqueles que estão ao seu redor. Este não pensa no singular, vislumbrando apenas o benefício próprio, mas aposta no pensamento coletivo, no qual sempre o sucesso da equipe virá em primeiro plano.

Deixe seu comentário