Os influenciadores digitais e as marcas

Os influenciadores digitais e as marcas

Os influenciadores digitais e as marcas

A escolha de influenciadores digitais para promover produtos e serviços não é tão simples quanto parece.

Diversas plataformas na internet, como o YouTube, Facebook e Instagram, fizeram surgir novas celebridades. Daí começa a relação: os influenciadores digitais e as marcas.

Alguns influenciadores digitais têm grande número de seguidores, comunicando-se com um público bastante diversificado. Outros influenciadores se comunicam apenas com um nicho, o que não significa que sejam menos importantes.

Mais do que novos conhecidos que postam vídeos, textos e fotos, essas novas celebridades conseguem atrair, fidelizar e engajar seus seguidores, às vezes até mais do que muitas personalidades tradicionais. É aí que começa o interesse das marcas.

Você conhece algum influenciador digital? Pode até falar que não, mas muito provavelmente os seus clientes conhecem alguma personalidade que tenha influência no Instagram, Facebook e/ou YouTube.

É por este poder de influenciar que as marcas procuram essas personalidades do mundo digital para realizar alguma ação de marketing, tanto para as mídias online quanto para as offline. Se for desenvolver uma campanha de marketing digital, às vezes é preferível um Youtuber a um apresentador de TV conhecido nacionalmente. No mundo digital, aquela celebridade que começou – e que muitas vezes continua – gravando vídeos no quarto consegue fazer com que o público se engaje muito mais. E este é o desejo de muitas marcas.

Mas a escolha de influenciadores digitais para promover produtos e serviços não é tão simples quanto parece. Existem muitos tipos, sendo necessário saber qual se ajusta ao propósito da marca. De acordo com o site Youpix, é preciso considerar fatores como:

  • Alcance (tamanho da audiência)
  • Ressonância (repercussão e capacidade de engajamento junto à audiência)
  • Relevância (fit com o assunto ou valores da marca)

Como destacar os influenciadores digitais

O Youpix ainda destaca sete tipos de influenciadores, dentre eles: Top Celeb (mais alcance e ressonância e menos relevância) e Autoridade (menos alcance e mais relevância e ressonância).

Na hora de escolher a celebridade também vale responder às seguintes perguntas: o objetivo é atingir um grande público ou um nicho? Quer um analista ou um humorista? Personalidade ligada às causas sociais ou ao mundo da moda?

Estes e outros questionamentos ajudam na escolha mais adequada para a sua marca. Nem sempre aquele que tem milhões de seguidores será a melhor opção, se comparado ao influenciador que fala diretamente com o consumidor da sua marca, embora este tenha apenas milhares de seguidores.

Redação: Juscelino Nicolau

Fonte: Youpix

Deixe seu comentário

Shares