O que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca

O que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca

O que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca

Entender o que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca é um passo muito importante para o sucesso do seu negócio. Pensando nisso, nós preparamos esse conteúdo com um resumo da história dela e a sua real utilidade. Vamos abordar também o uso que deve ser feito nas principais redes sociais.

Agora é descer a tela e aprender tudo sobre o assunto.

A origem da hashtag

No dia 23 de agosto de 2007, o designer Cris Messina, publicou a primeira hashtag da história no Twitter. A proposta era a de utilizar a cerquila (nome correto do símbolo #) para a criação de grupos dentro do microblog.

A ideia veio do IRC, onde o usuário utilizava esse sinal gráfico para fazer uma associação a um grupo ou assunto.

Já em 2009, o Twitter resolveu fazer com que a hashtag conduzisse o usuário para uma mesma interface que reunia todos os tuítes que faziam uso da mesma hashtag.

Mas o verdadeiro boom dessa ferramenta veio quando o microblog criou os Trending Topics, onde elas reinam absolutas.

A experiência transmídia promovida pelas hashtags é incrível. As próprias emissoras de televisão vêm colocando #NomeDoPrograma durante as transmissões como forma de estimular conversas sobre o que está no ar.

Por que o Facebook resolveu adotar as hashtags?

As hashtags nasceram no Twitter e se espalharam para as demais redes sociais. O Facebook, a maior mídia social do mundo com mais de dois bilhões de usuários não poderia ficar de fora.

Clicando em uma hashtag no Facebook acontece o mesmo que no Twitter: você é redirecionado para uma página com publicações sobre o mesmo tema.

As hashtags funcionam como uma espécie de porta para um bate-papo sobre determinado assunto. Adotá-las significa estimular um tempo maior de permanência no site.

O que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca

3 erros comuns ao utilizar hashtags no Facebook

Elas estão presentes no Facebook, mas devem ser utilizadas com bastante moderação. Além disso, é preciso observar 3 erros comuns e evitá-los ao máximo.

#01 Não usar caixa alta

Se você for usar uma hashtag com várias palavras, procure escrever a primeira letra de cada palavra com caixa alta. Isso vai facilitar a leitura e a identificação do assunto de que se está tratando.

#02 Não dar incentivo ao uso de hashtags exclusivas

É muito fácil trabalhar com a comunicação de um evento de grande porte. Basta colocar o nome do evento depois da # e pronto, seu conteúdo vai se espalhar. No entanto, trabalhar com hashtags exclusivas, isto é, específicas de um produto ou serviço, é mais difícil.

O que pode ser feito é oferecer um estímulo para que o usuário adote aquela hashtag. Ele deve ser encorajado a fazer uso daquela hashtag.

Descontos exclusivos para quem fizer uso dessa prática pode ser uma solução interessante.

#03 Usar uma palavra por hashtag, sendo elas banais

A partir do momento que você opta #por #escrever #desse #jeito há um sério risco de não dizer nada em cada uma dessas hashtags, o que não vai gerar nenhum tipo de resultado ou de participação no significado do que as hashtags representam. Trabalhar dessa forma pode ser um tremendo tiro no pé.

3 erros comuns ao utilizar hashtags no Instagram

No Instagram o ideal é que você use no máximo 10 hashtags, pois assim não há chances dos algoritmos passarem por algum tipo de problema e não surtir o efeito desejado. E é claro que é preciso que todas elas tenha uma relação lógica com o tema da publicação.

#01 Substituir a descrição pela hashtag

Há muitas empresas que deixam de produzir uma descrição estimulante e acabam trabalhando apenas com uma hashtag exclusiva.

O trabalho com esse tipo de hashtag deve ser feito de uma maneira criativa. Criar uma hashtag e pedir que os usuários publiquem fotos em seus perfis usando a sua hashtag em troca de aparecer na sua conta pode ser bastante estimulante.

#02 Escolher poucas hashtags

No Instagram você pode ficar mais livre nesse sentido. Há uma correlação entre o número de hashtags e o nível de engajamento. Então escolha boas palavras-chave e use para obter mais visualizações e interações! Mas, claro, lembrando-se de não sair por aí colocando centenas delas.

#03 Usar sempre as mesmas hashtags

O trabalho com as hashtags, como deu para perceber, requer estratégia e criatividade. Fazer uso das mesmas hashtags por um longo período pode desanimar a sua audiência.

As únicas exceções são as suas hashtags exclusivas. Elas podem ser utilizadas bastante. Principalmente se você está divulgando alguma promoção ou uma novidade relacionada ao seu negócio.

O que são e como usar as hashtags na comunicação da sua marca

Chegou a hora de colocar a mão na massa

Agora que as hashtags não mais um mistério para você, está na hora de utilizá-las. Aproveite cada uma das nossas dicas e melhore o seu desempenho junto às redes sociais.

Deixe seu comentário

Shares