Posicionamento e performance: a união que leva ao sucesso

Posicionamento e performance: a união que leva ao sucesso

Posicionamento e performance: a união que leva ao sucesso

Quando se fala de posicionamento e performance é importante frisar que eles são dois pilares importantes para o seu negócio. Mesmo que cada um possua um objetivo independente, é bom lembrar que equilibrar essas duas coisas significa uma capacidade muito maior de conduzir sua marca para o sucesso.

Juntos, Posicionamento e Performance formam uma dupla voltada para transformar o seu negócio e oferecer, além de autenticidade e clareza sobre o seu propósito, o jeito mais eficiente de acompanhar o progresso da marca.

Posicionamento = Branding?

Para se posicionar no mercado é preciso vender seu produto ou serviço através de uma comunicação estratégica. E para conseguir planejar, uma marca precisa conhecer o público consumidor (ou saber qual ela quer atingir) e decidir qual será o seu próprio posicionamento.

Abaixo, veja algumas perguntas que podem te ajudar a encontrar uma definição do posicionamento da sua marca:

  • Quem é seu público-alvo?
  • Qual o diferencial do que você está vendendo/oferecendo?
  • O que o seu produto pode resolver?
  • No que ele pode satisfazer?
  • Como você quer ser reconhecido pelos seus clientes?

Esse é um dos passos para conseguir se organizar para comunicar e interagir, transmitindo a essência da marca, ganhando reconhecimento e conquistando o cliente.

E engana-se quem pensa que posicionamento é algo que acontece do dia para a noite. O reforço da marca deve ser feito constantemente, de modo a fortalecer o conceito do negócio. Esse trabalho é muito importante para transmitir o propósito e fazer com que a percepção do consumidor seja exatamente da mensagem que a marca quer passar.

Todo esse trabalho de gestão de marca significa investimento em estratégia de Branding. Afinal, essa é a palavra usada para definir o conjunto de ações que tem como objetivo deixar a marca presente no imaginário das pessoas, de forma que ela se destaque e conquiste um espaço simbólico no entendimento do público.

Com um propósito bem definido, o presente e o futuro do seu negócio ganham novas perspectivas.

Para tirar do papel essas estratégias, ficam algumas dicas:

  • Faça planejamentos;
  • Saiba investir;
  • Se mantenha na mídia.

Essas conquistas que envolvem o marketing de marca não acontecem no curto prazo, mas é preciso manter e investir em cada canal que a marca está presente para ter um retorno satisfatório.

E onde a Performance pode entrar?

No que diz respeito à performance, é importante definir os KPIs (Indicadores Chave de Performance) e acompanhar as métricas ao longo do tempo. Essa é uma tarefa que vai permitir identificar se as metas estão sendo alcançadas. Ter o controle sobre essas questões e saber exatamente por quais momentos o seu negócio está passando é o que vai ajudar a marca a se estabilizar, achar os melhores caminhos e encontrar um ritmo que traga retornos positivos de forma consistente.

E quando você foca em performance os resultados podem ser analisados e usados para trabalhar em melhorias. Como normalmente as metas de um negócio estão ligadas diretamente ao financeiro, envolvendo crescimento de receita e mais vendas/serviços, acompanhar a performance de campanhas e anúncios é o que vai nortear o atual momento da empresa e contribuir para novas ideias. Atualmente, as maiores representantes de campanhas de performance são: Google Ads e Facebook Ads. Vale a pena conhecer e utilizar essas ferramentas para conseguir acompanhar a evolução do mercado.

Ou seja, essa “atualização” é uma forma de medir o desempenho através de dados e conseguir, em curto prazo dessa vez, saber melhor sobre o comportamento do consumidor diante da sua marca.

Para investir nessa área, peças de campanhas focadas em performance são boas alternativas. O poder de promoções e outras apelações em anúncios podem chamar o público para a ação e fazer com que várias vendas sejam registradas.

E é aí que pode ser feito um equilíbrio harmonioso entre posicionamento e performance. Com a importância e a necessidade de se trabalhar os dois, o planejamento se torna a chave certa para essa situação.

Marketing de MarcaMarketing de Performance
Receita de longo prazoReceita de curto/médio prazo
Se baseia no relacionamento com o clienteSe baseia na geração de leads
Busca um tráfego específico por meio da percepção do valor da marcaBusca um tráfego de grande volume para converter visitantes em leads

 

O segredo é saber o limite de conteúdo que tenha mais objetividade e chamadas de ação. O mesmo vale para a abordagem em que o foco fica somente na marca, o que pode gerar algumas perdas de oportunidades.

É importante colocar energia (e verba) dos dois lados para:

  • Fortalecer a marca e deixar bem clara a mensagem para o público;
  • Acompanhar o retorno tanto no sentido comercial quanto no sentido de identificação com a marca.

A partir daí, novas percepções e insights entrarão em jogo para fazer com que as estratégias sejam cada vez mais assertivas e a sua marca continue conquistando território, dessa vez com mapas mais elaborados.

Deixe seu comentário

Shares